cross colum 1

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Como cuidar de sua Jabuticabeira em vasos!

                Neste post, vamos conversar um pouquinho sobre a jabuticabeira,  essa fruteira de origem brasileira, ao longo dos anos tem se tornado a preferência nacional para varandas e quintais, isso se deu pela facilidade de produção, alta adaptação ao clima brasileiro e principalmente aos vasos. 





              Mas quem não gosta de jabuticaba não é mesmo, com uma polpa extremamente doce e várias cargas por ano, as mudas híbridas que produzem em 2 anos e meio tem dominado o mercado, hoje em dia ninguém precisa esperar mais de 15 anos ou realizar a enxertia para consumir a frutinha, aqui em baixo vamos dar muitas e muitas dicas para você cuidar da sua árvore ai em casa  e produzir muitas jabuticabas o ano todo, acompanhe comigo:



Propagação de novas mudas


      A jabuticaba pode ser propagada facilmente por sementes, a germinação se dá em cerca de um mês, mantendo o meio úmido e uma temperatura de 23°C. a baixo tem o link para um vídeo com o processo completo:




             Uma outra forma de se propagar a jabuticaba é através de divisão de raízes, método um pouco mais complexo, ou por enxertia tipo inglês, por estaquia e alporquia, não recomendamos, pois no caso da estaquia, como a casca é muito dura muitas vezes o galho apodrece e não se consegue o enraizamento, ou no caso da alporquia a planta cicatriza e não nasce raiz alguma no anel de Malpighi.

Assista ao vídeo que fizemos mostrando as principais dicas para cuidar de sua jabuticabeira!


Clima Ideal 


           A Planta se adapta bem em diversas faixas de temperaturas, sendo ideal um clima entre 22° as 28°C, mas considero que pode ser cultivada tranquilamente em todo o território nacional, principalmente em vasos, desde que nunca falte água ou receba geadas constantes.                                     Recomendo cerca de pelo menos 4 horas de luz por dia sendo o ideal 6 horas de luminosidade plena.



Solo Ideal

            O solo ideal é aquele rico em nutrientes em matéria orgânica, bem drenado e aerado, para evitar o encharcamento das raízes devido a regas constantes.  Quanto a irrigação, aconselhamos plantar em lugares cujo índice pluviométrico chegue a cerca de 1600 mm bem espalhados pelo ano             Caso seja plantada em vasos uma irrigação por gotejamento vai muito bem e pode se fazer necessário de acordo com o clima da região, quanto a umidade relativa do ar, o ideal seria por volta de 75%. 


Podas de limpeza







      Devemos podar a jabuticabeira todos os  anos, entre julho e agosto, sempre após a colheita e antes de produção de novas flores, para limpar o caule, onde se produz as frutas, pois muitas folhas e pequenos galhos atrapalham o desenvolvimento desses frutos, também podemos aparar alguns galhos de cima para manter do tamanho que queremos e dentro da copa para aerar a árvore e evitar o aparecimento de fungos e outras pragas.
 




 Adubação


       A produção de jabuticabas está intimamente ligada, a quantidade e variedade de nutrientes disponíveis em seu solo, por isso nunca deixe faltar fósforo em seu vaso ou solo, nutrientes vital para os frutos e flores além das raízes das plantas, Não deixe faltar também Nitrogênio, pois um bom sistema foliar, com uma planta bem vegetativa é muito importante, e por fim o controle hídrico é vital, por isso não deixe faltar Potássio. Assim mantenha sempre o trio de Macronutrientes em alta, adube seu vaso cerca de 4 vezes ao ano, a cada três meses, se estiver usando NPK, dê preferencia para a fórmula 10-10-10 para árvores adultas e a fórmula 04-14-08 para mudas bebes, caso a planta esteja no solo cave um sulco em volta da sombra da copa da árvore e deposite o material sem chegar muito próximo da Raiz, se dispor de adubos orgânicos dê preferência à eles, pois além de fornecer os nutrientes, revitalizam seu solo com micronutrientes e micro organismos benéficos. para isso vou deixar a receita que uso na minha jabuticabeira.







Colheita



             A primeira colheita de uma muda de Jabuticabeira Sabará pode levar até 15 anos, para acontecer, por isso incentivamos a utilização de mudas híbridas que frutificam em 2 anos e meio, e possuem frutos grandes com bastante polpa doce e saborosa. Colha seus frutos quando estes escurecerem, mas cuidados com os concorrentes, existem pequenos pássaros que simplesmente adoram jabuticabas, caso não queira mesmo dividir com eles, pode ser utilizado uma tela de proteção para proteger sua colheita, abaixo deixei um último vídeo da colheita do ano passado explicando mais algumas coisas a respeito da jabuticaba.






Leia alguns outros tópicos do blog:

Siga-nos nas principais redes sociais!





sábado, 19 de novembro de 2016

Como Plantar Repolho em Vasos!

            Aproveitando o vídeo desta semana sobre Repolhos em vasos, hoje falaremos um pouco mais sobre essa cultura maravilhosa:


Benefícios para saúde


            O repolho possui boa quantidade de vitamina C, além de ser fonte de fibras, ajudando na saúde digestiva e possuindo quantidade significativa de Iodo, elemento associado a boa função cerebral.
            Pode ser consumido cru em saladas ou cozidos acompanhando diversos pratos deliciosos, se for consumir cozido, não exagere no tempo de cozimento, pois existe a liberação de sulfeto de hidrogênio, que libera um odor horrível para o ambiente.

           
A cultura

             O  repolho é da mesma família que o Couve-flor e o Brócolis, assim chamados de Brassicas, Quando a planta começa o ciclo produtivo, suas folhas começam a se voltar para dentro e uma cabeça começa a se formar.
             Existem vários tipos de cultivares a melhor divisão é entre os que possuem as folhas lisas (oleracea capitata) e os que possuem as folhas crespas( oleracea sabauba).
               No Brasil, os mais comuns cultivados em hortas são os verdes e roxos do grupo de folhas lisas, conforme imagem logo abaixo:
         


Clima ideal


               O clima ideal para a produção de Repolhos é o temperado, podendo ser cultivado facilmente no clima sub-tropical, a temperatura ideal está entre 10 e 23°C , sendo muito difícil o cultivo após os 28°C.
               Mesmo assim existem sementes de cultivares adaptados ao verão, dessa forma é só escolher o cultivar ideal dependendo do local e estação do ano que será cultivado.
               Caso seja cultivado fora da escala ideal, provavelmente seu repolho pode florescer antes de formar uma boa cabeça.

Solo Ideal


              O solo precisa ser rico em matéria orgânica, bem drenado e aerado para ajudar a fixar as raízes, o pH ideal está entre 6 a 7.
               O Repolho gosta de solos bem irrigados, porem não encharcados, regue frequentemente apenas para mantê-lo úmido.

Plantio passo a passo!


        1-     Retire as sementes do envelope e deixe de molho em água potável gelada por 24 horas, ao final do período jogue fora as sementes que boiarem, pois provavelmente estarão ocas e seque suas sementes.



          2-   Para plantar Repolho  utilizamos a técnica de plantio por sementeiras, dessa forma semeamos em copinhos de plásticos, saquinhos de jornal ou rolinhos de papel higiênico, utilizando uma mistura de 70 % de húmus de minhoca e 30 % de vermiculita  e cobrimos cerca de 3 sementes em cada copinho com um centímetro da mistura preparada.



           3-   Por até quinze dias, mantemos úmidas as sementeiras, e ao final desse período nossas sementes irão germinar, com 30 dias nossas plantinhas já estarão com cerca de 10 centímetros e umas quatro a seis folhas, período ideal para serem replantadas.



              4-  Desbaste as mudas menores e mais feias e retire as melhores com a maior porção de terra e raízes possível, Forme mudas padrão extraindo das sementeiras as plantas mais vigorosas.

             5-  Replante em vaso de no mínimo 10 litros de volume ou solo bem drenado, rico em matéria orgânica, onde o pH esteja por volta de 6,0 a 7 o repolho gosta de pelo menos 4 horas de sol direta, regue uma vez ao dia,  o clima ideal é o frio, nos lugares mais quentes o ideal é cultiva-la durante o inverno.
   


             6-  Mantenha a adubação a cada 20 dias, completando o vaso com Húmus de minhoca ou adubos orgânicos naturais.

             7-  Evite ao máximo regar as folhas, sempre regue apenas a mistura de terra no vaso para evitar a presença de pulgões nas folhas. Também  pulverize cinzas de vez em quando para ajudar a afastar algumas pragas indesejáveis.


Colheita


               A colheita do Repolho ocorre cerca de 120 dias após a semeadura dependendo do cultivar plantado, importante salientar é que, depois da colheita, cortando a cabeça e deixando cerca de 10 cm do talo da planta na terra, ocorrerá novas brotações que gerarão novas cabecinhas menores.






             Quem tiver interesse assista ao vídeo sobre como plantar pimentões em vasos, da super certo também e vale muito a pena:





terça-feira, 15 de novembro de 2016

Como plantar Salsa em Garrafas pet!

          Hoje nosso papo será sobre a salsinha, tempero delicioso que está na mesa de muitos brasileiros que compram diversas vezes nos supermercados por não ter noção de quão fácil é seu cultivo



 
            No vídeo acima ensinamos algumas técnicas básicas para plantar e colher a salsa facilmente em casa apenas utilizando uma garrafa pet, um pouco de substrato e algumas sementes.





Clima Adequado

               O clima para se plantar Salsinha é o temperado, podendo ser cultivada em temperaturas entre 10 a 22 º C sem nenhuma dificuldade, contudo existem cultivares já específicos para se cultivar no calor verifique bem qual  semente será plantada obedecendo o clima e a estação do ano.
               Importante salientar que as sementes demoram mais para germinar quando estamos no inverno, podendo demorar até 2 meses, no calor o processo é bem mais rápido podendo germinar em até 10 dias, a temperatura ideal de germinação é em torno de 20°C, por isso não use a técnica de germinação em geladeira, apenas mantenha a umidade e seja paciente.
              
           



Iluminação

O ideal é que a planta pegue no máximo 4 horas de sol por dia, caso no local do plantio pegue mais horas de sol, é interessante o uso de um sombrite, essa é uma cultura ideal para janelas devido a pouco necessidade de luz solar direta, da muito certo plantar em garrafas pet e colocar no peitoril de janelas junto com outras ervas.




Solo Ideal


               O solo deve ser bem drenado, rico em matéria orgânica, profundo com o pH entre 6 a 7, pode ser plantada facilmente em vasos, para isso mantenha a terra ou substrato úmida não encharcada e totalmente descompactada, recomendamos uma camada de folhas mortas na superfície do vaso para manter a umidade e evitar a compactação.
               As raízes da salsa podem ficar bem profundas, por isso aconselhamos vasos fundos com alturas de no mínimo trinta centímetro, ou garrafas pet  de 3 litros usadas na vertical para acomodar esse sistema radicular prolongado.

Passo a passo para o plantio!

- De um banho da água morna nas sementes de salsinha escolhidas deixando de molho por até 24 horas. Plante as sementes de salsa em copinhos de plastico ou embalagens de papel para fazer as mudas, enterre cerca de 2 a 3 sementes por recipiente cerca de 1 cm de profundidade e espere a germinação que ocorrerá em cerca de 15 a 60 dias.

-Mantenha sempre o solo sempre úmido e vá aumentando a exposição ao sol conforme vai crescendo novas folhas, a baixo vou deixar um link sobre a criação de mudas novas de qualquer hortaliça:



- A Salsinha é uma planta que aceita facilmente o transplante então não é necessário o plantio direto no local definitivo, dessa forma quando as mudas estiverem com cerca de 7 cm e 4 folhinhas, já é possível transplanta-las para o local desejado,

- Para o transplante de preferência a um vaso adubado com húmus de minhoca ou esterco bem curtido, retire a muda do recipiente reciclável e incorpore-a no local definitivo tomando cuidado com o sistema radicular para não abalar a muda.




Colheita

         Comece a colher seus ramos e folhas mais velhos cerca de 60 dias após o plantio, importante salientar que não é preciso arrancar o pé inteiro de uma vez, podendo fazer colheitas parciais conforme a necessidade, Colha sempre as folhas de fora para dentro, sempre mantendo cerca de 60 por cento das folhas mais novas para não enfraquecer o pé.
        Quando a salsa começa a florir e depois secar, saiba que já está no tempo ideal  para colher suas sementes, ai é só você retirar e armazenar num local seco e escuro.



            Logo a baixo deixamos o link de um vídeo com 5 dicas especiais para todo hortelão por em prática no dia dia do cultivo, espero que gostem, e obrigado pela leitura!






Leia alguns outros tópicos do blog:
Como germinar mais rapidamente as sementes no Inverno!
Super adubo líquido orgânico caseiro, natural e grátis!
Como cuidar de suas árvores frutíferas em vasos !
Como plantar morango em vasos!
Como Plantar Maracujá !
como plantar alfaces em casa!

Siga-nos nas principais redes sociais!
Nosso Instagram
Nosso Grupo no Facebook
Nosso Twitter
Nossa Comunidade G+

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Como produzir mudas de Coco Anão facilmente em casa!

               Embora muitas pessoas achem que é difícil e até complicado produzir uma muda de coqueiro anão, eu discordo totalmente disso, e hoje vou explicar o que é preciso para produzir a sua muda com grande facilidade ai na sua casa:



Como Plantar em 5 passos!

                 A técnica consiste em adquirir um coco já maduro de preferência aqueles que caíram do pé sem terem sido retirados para consumir a água e deixar esse coco num local fresco e hidratado até a perfeita brotação.
                 Muitas vezes o coco começa a brotar em baixo do coqueiro sem nos dar trabalho algum , contudo como não possuímos tamanha sorte de encontrar um coco brotado em baixo de um coqueiro, podemos fazer os seguintes procedimentos para obtermos nossa mudinha:


Passo 1

-Pegue um coco maduro e faça ranhuras na casca sem ofender a parte interna onde está guardada a reserva energética que será utilizada para formar nova planta.




ATENÇÃO:   NUNCA TOME A ÁGUA DE DENTRO DO COCO, SE FIZER ISSO A SEMENTE NÃO BROTARÁ POR FALTA DE RESERVAS E NUTRIENTES!

Passo 2

-Consiga um vaso de 10 a 15 litros e faça camada de drenagem com pedras ou argila expandida e areia ou manta de drenagem.



Passo 3

-Insira uma terra que não precisa ser adubada mas que deve ser bem descompactada para facilitar o processo, e deposite no vaso.



Passo 4

-Plante seu coco na vertical com o olho, local onde estava preso na árvore para cima, e não tome por nada nesse mundo a água que está dentro, ela dará energia para a planta.




Passo 5

-Regue constantemente para manter a grande semente totalmente hidratada. Lembre-se sempre, na dúvida é melhor regar em excesso do que deixar faltar água, nessa fase ainda não existem raízes e por isso não corremos o risco de apodrecer o sistema radicular.


Plantio da Muda em local definitivo!




-Quando a muda estiver na altura de 80 cm igual a esta mostrada ao lado, já podemos transplanta-la para o solo, para isso devemos cavar uma cova de 60 x 60 x 60.

-Separe a terra do buraco em dois montes, a parte de cima e a de baixo, misture a terra de cima ao adubo escolhido e ponha no fundo da cova.

-Plante a muda e complete com a terra de baixo.

-Regue generosamente depois do plantio






                   Caso escolha adubos orgânicos, deixarei um vídeo sobre um adubo bem concentrado ideal para árvores grandes:





Posso plantar em Vasos??

               Importante salientar que o coqueiro não deve ser plantado em vasos, pois suas raízes são simplesmente devastadoras e não teria nutrientes necessários para a produção e manutenção. além disso ao contrario do que muitos pensam o nome anão é muito relativo, pois esta árvore pode chegar a 12 metros de altura, enquanto o coqueiro gigante pode chegar a 25 metros de altura.
           

  



Clima Ideal


                  Para se cultivar coqueiros com sucesso você precisa de clima quente, tropicais são a melhor pedida, as temperaturas ideais variam entre 22 a 35°C sendo 27°C a temperatura ideal.
                 Quanto as condições pluviométricas o ideal é que no local onde será cultivado tenha uma boa divisão de chuvas com pelo menos 1600, mm anuais, locais praianos são ideais para a produção!



Solo Ideal


                 O melhor solo é aquele rico em matéria orgânica bem drenado e fértil em todos os macro nutrientes, o pH deve permanecer entre 6 e 6,5.

Colheita

             O nome anão se dá pelo tempo e altura que começa a produzir, as vezes com 1,5 m  e 2 a 3 anos de idade a muda começa a produzir os primeiros frutos.

Se gostou de aprender a produzir mudas de coco que tal também começar a plantar mangas ou mamões.




Espero que tenham gostado da leitura:


A gora que já sabe tudo de coqueiros, leia alguns outros tópicos do blog:
Como germinar mais rapidamente as sementes no Inverno!
Super adubo líquido orgânico caseiro, natural e grátis!
Como cuidar de suas árvores frutíferas em vasos !
Como plantar morango em vasos!
Como Plantar Maracujá !


Siga-nos nas principais redes sociais!
Nosso Instagram
Nosso Grupo no Facebook
Nosso Twitter
Nossa Comunidade G+